Skip to content

O Leste Voltou!

07/09/2010
Gostem ou não, o Leste voltou!

Gostem ou não, o Leste voltou!

É de conhecimento notório no mundo da NBA que a Conferência Leste é a metade ”fraca” da liga. Como já foi comentado aqui no NBA1on1, o Velho Oeste tem dominado a anos. Colocando em números tal domínio, desde o último título de Michael Jordan, em 1998, o Oeste venceu gritantes 9 Finais da NBA, sendo que apenas o Detroit Pistons em 2004, o Miami Heat em 2006 e o Boston Celtics em 2008 trouxeram alguma alegria para o lado leste dos EUA nas últimas 12 temporadas!

Iverson bem que tentou, mas o talento dos Lakers de Shaq foi demais para ele...

Iverson bem que tentou, mas o talento dos Lakers de Shaq foi demais para ele...

A desgraça do lado oriental da NBA não para na falta de títulos. Por muitos anos o nível médio das equipes do Leste vem sido medíocre. Para além de um ou dois times fortes, o resto das equipes têm nivelado-se por baixo, suando para alcançar uma média satisfatória de vitórias. Para se ter uma idéia, a segunda metade dos classificados para os Playoffs no Leste – do quinto ao oitavo lugar – tem conseguido a classificação vencendo pouco mais da metade de seus jogos (de 41 a 45 jogos vencidos).

Outro fator o qual demonstrava a fragilidade da Conferência Leste pós-Jordan era a disparidade de qualidade entre os times nas Finais da NBA. Em mais da metade dos últimos 9 títulos do Oeste as equipes do Leste não venceram mais do que 1 jogo. New Jersey Nets em 2002 e Cleveland Cavaliers em 2007 foram varridos, New York Knicks em 1999, Philadelphia Sixers em 2001 e Orlando Magic em 2009 venceram apenas 1 jogo.

Felizmente, para a NBA e para nós fãs do Melhor Basquete do Mundo, os tempos mudaram!

A reviravolta no talento e, conseqüentemente, no sucesso da Conferência Leste teve início no mesmo lugar onde a Guerra da Independência Americana começou: Boston. Em 2008, Ray Allen e Kevin Garnett juntaram-se a Paul Pierce e a NBA viu seu primeiro BIG 3 da era pós-Magic & Bird. O resultado dessa sagrada união foi história instantânea. Boston cumpriu tabela na temporada regular e humilhou os Los Angeles Lakers de Kobe nas Finais da NBA, quebrando um jejum de 22 anos ao conquistar o título de 2008. Mesmo tendo sido derrotado pelos mesmos Lakers nas Finais da última temporada da NBA, os Celtics recriaram a maior rivalidade da NBA, chegando às Finais em 2 dos últimos 3 anos, levando os atuais campeões ao limite no decisivo jogo 7 das Finais em 2010.

O NBA1on1 avisa desde já para que você não cometa o mesmo erro que todos cometeram na temporada que passou: os Celtics não estão velhos e, apesar de não serem favoritos à melhor campanha da temporada regular, não haverá time mais perigoso quando os Playoffs começarem.

O BIG 3 de Boston passou por cima de seus rivais de LA, vencendo por 39 pontos o decisivo jogo 6 das Finais de 2008.

O BIG 3 de Boston passou por cima de seus rivais de LA, vencendo por 39 pontos o decisivo Jogo 6 das Finais de 2008.

A qualidade do Leste não para por aí. O time líder em cestas de 3 na NBA nas duas últimas temporadas e detentor do melhor pivô da liga, o duas vezes Melhor Jogador de Defesa Dwight Howard, não poderia estar  mais a leste do Rio Mississippi. O Orlando Magic, além de ser detentor de uma das melhores defesas da liga, é ainda um dos times mais profundos em talento de toda a NBA. Apesar das excelentes campanhas nos últimos anos, o time comandado por Stan Van Gundy reforçou-se ainda mais nesta off-season e promete fazer barulho novamente.

Outra equipe que tem sido sólida nas últimas 3 temporadas é o Atlanta Hawks. Ainda que não tenham qualidade o suficiente para disputar o título da NBA, os Hawks têm um sólido elenco e são dotados de qualidade diferenciada em todas as posições. Detentores dos serviços do atual Melhor Reserva da NBA – Jamal Crawford – e do jogador mais bem pago da última free agencyJoe Johnson – o time de Atlanta tem tido excelente desempenho nas temporadas regulares e incomodou nos Playoffs, fazendo séries memoráveis nos últimos 3 anos, contra os Campeões Celtics em 2008 (BOS 4-3 ATL), contra o Miami Heat em 2009 (ATL 4-3 MIA) e contra o Milwaukee Bucks em 2010 (ATL 4-3 MIL).

Fora estas 3 equipes, já estabelecidas na NBA nos últimos anos, 2 novos times prometem juntarem-se à briga na elite da Conferência Leste,  após contratações bombásticas neste verão: o Miami Heat e o Chicago Bulls.

Como o mundo já sabe, Pat Riley fez história no basquete a 1 mês ao montar o primeiro Super-Time nos 63 anos de vida da NBA. Não me entendam mal, os Lakers de Magic, os Celtics de Russell e de Bird e principalmente os Bulls de Jordan estão marcados para sempre na história da liga e será quase impossível que algum time repita os feitos desses lendários times, como os 8 títulos seguidos do Boston de Russell, ou os 11 títulos em 13 temporadas dos mesmos Celtics, ou as 33 vitórias consecutivas dos Lakers de Magic, ou mesmo as fantásticas 72 vitórias em 82 jogos dos Bulls de MJ. Ainda sim, o que esse time atual do Miami Heat tem de tão especial e inédito é a união em uma só equipe de 2 dos 3 melhores jogadores da NBA em Wade e LeBron e mais um Top-15 em Chris Bosh. O Heat não quebrará nenhum dos recordes acima mencionados, contudo, esse time será, sem sombra de dúvidas, favorito ao título – atrás dos Lakers e dos Celtics é claro – e terão com certeza grande sucesso nos próximos 5 anos, seguramente vencendo acima de 60 jogos por temporada sem dificuldade.

Carlos Boozer já avisou, qualquer coisa menos do que o Título da NBA será um fracasso para o Chicago Bulls em 2011.

Carlos Boozer já avisou, qualquer coisa menos do que o Título da NBA será um fracasso para o Chicago Bulls em 2011.

Já a equipe de Chicago é a mais intrigante da NBA. Apesar de o Chicago Bulls ter perdido a briga pelos serviços das atuais estrelas de Miami, as adições da força ofensiva de Carlos Boozer, dos arremessos certeiros de Kyle Korver, e da defesa e atleticismo de Ronnie Brewer ao já forte elenco liderado por Derrick Rose, um dos melhores jogadores da NBA, e Joakim Noah, um dos melhores pivôs defensivos da liga, faz do Bulls um legítimo candidato ao título da NBA, além de ser um dos times mais bem equilibrados da liga. A evolução de Chicago não para por aí. Além de já ser dono de uma das melhores defesas da NBA, os Bulls contrataram o guru defensivo Tom Thibodeau para ser o novo treinador da equipe. Somando todas estas adições à evolução natural esperada dos jovens Rose e Noah faz da equipe da Cidade do Vento a mais intrigante e imprevisível de todo o basquete americano.

Times consolidados à parte, o futuro do Leste também está em boas mãos. O mais novo fenômeno do basquete mundial, John Wall, promete levantar os Washington Wizards das cinzas. Já em New York, Amar’e Stoudemire tem tudo para ter sucesso, principalmente com a possível chegada de Carmelo Anthony e Chis Paul (ou Tony Parker) ao time dos Knicks. Ainda na Big Apple, os futuros moradores do Brooklyn, os Nets, tem excelentes jovens para tirar a franquia do buraco.  Um núcleo de Devin Harris, Terrence Williams, Derrick Favors e Brook Lopez com certeza encherá os olhos de Jay-Z nos próximos anos.

Sendo assim, nosso amigo Fabio B.I.G. e seus colegas da Conferência Oeste podem falar o quanto eles quiserem, mas o reinado do Velho Oeste está com os dias contados e a ascensão do Leste começa em menos de 2 meses, na noite de abertura da Temporada 2010-2011, no dia 26 de Outubro, com o confronto mais do que adequado à ocasião entre o Boston Celtics e o Miami Heat.

Nas lendárias palavras de Michael Jordan, a Conferência Leste diz: I’m Back!

Jay Ernani.

3 Comentários leave one →
  1. 07/09/2010 21:41

    Tudo é muito bonito e tals, mas até eu ver “Wade e suas Wadezetes” em quadra, ainda acredito que o título será do Lakers este ano. A Conferência Leste sempre tem seus one-hit wonders, mas quem se mantém com consistência no topo da tabela são os times da Costa Oeste. Se não são os Lakers, são os Spurs, os Mavericks, os Suns (as quatro melhores franquias da conferência nesta última década). Agora, os fãs da Conferência Oeste voltam suas atenções para o maior perimeter scorer a surgir na NBA desde Kobe Bryant: Kevin Durant e seu Oklahoma City Thunder. Isso sem falar do Portland Trail Blazers, com Roy, Aldridge, Oden e Batum. Ambos times já são realidades, enquanto que os times da Leste vivem de promessas e potencial… Como diria Silvio Santos, só acredito, vendo!

    • Jay Ernani permalink*
      08/09/2010 00:01

      Ei meu amigo, tenho que discordar em alguns pontos. Primeiro, os Celtics chegaram às Finais 2x nos últimos 3 anos, vencendo uma e perdendo outra no jogo 7 com seus quinto e sexto melhores jogadores machucados. Ah sim, bem lembrado a questão das lesões de Boston, se não fosse pelo joelho de KG e Perk, talvez ao invés de os Lakers serem BI agora, nós poderíamos ter um Celtics TRI.

      Se formos falar de consistência, Magic e Hawks juntam-se ao Boston nesse quesito, não devendo nada aos Suns, Lakers e Spurs nos últimos 3 anos.

      E se o Oeste tem o melhor perimeter scorer da NBA desde Kobe, o Leste tem o mais atlético armador da história da Liga em Rose, o qual é tido por muitos como um mini-LeBron por sua inacreditável soma de habilidades, com a vantagem de ter um espírito de vencedor que LeBron não tem.

      A dor ou derrota se processa em 5 famosos estágios, meu nobre colega, e você está no primeiro deles em relação à franca ascensão do Leste, o estágio de negação. Raiva é o próximo, depois negociação, depressão e por fim aceitação. Esse último acontecerá em Julho de 2011 com o sétimo título do Chicago Bulls!

      • Fábio Torres permalink*
        08/09/2010 15:30

        Peraí, Celtics, Magic e Hawks não devem nada ao Lakers, Mavs, Suns e Spurs? HAHAHAHAHAHAHAHA Acho que eles só devem uns 7 títulos e 4 MVPs. Magic e Hawks são dois times overachievers que no máximo conseguem ser varridos nos playoffs.

        E Rose tem espírito de vencedor? Bom pra ele, pena que o resto do time dele é incompetente! =P

        Me desculpe, meu amigo, mas quem está em negação é você.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: