Skip to content

Preview 2010-2011: Chicago Bulls

07/10/2010

Saibam como a lesão de Boozer afeta as pretensões do Chicago Bulls para a temporada 2010-2011 e muito mais sobre o time de Derrick Rose.

 

Titulares: Derrick Rose, Ronnie Brewer, Luol Deng, Carlos Boozer (Taj Gibson), Joakim Noah

Reservas: C.J. Watson, Keith Bogans, Kyle Korver, Taj Gibson, Kurt Thomas, James Johnson, Omer Asik

Técnico: Tim Thibodeau

Última temporada: Eliminado por 4 x 2 no primeiro round pelo Cleveland Cavaliers

Previsão: Finais de Conferência

A história continua a mesma para Carlos Boozer, pelo menos no início de sua carreira como um Bull. A maior contratação do time de Chicago ficará o primeiro mês inteiro de temporada fora das quadras, como o NBA 1on1 noticiou. Por mais que o técnico Tom Thibodeau tente encontrar motivos para motivar seus jogadores, não existe nada de bom que possa vir desta lesão de Boozer. O Chicago Bulls perde muito sem Boozer como opção ofensiva dentro do garrafão, pois nenhum outro jogador do grupo pode substituí-lo neste atributo. Isso sem falar no início de temporada dificílimo para o Bulls. O time tem, sem sombra de dúvida um dos calendários mais impiedosos da NBA no 1º mês de competição. A falta de entrosamento de Carlos com seus novos companheiros de time também fará falta, uma vez que o ala de força voltar à ativa em dezembro.

Lesões à parte, em uma coisa o treinador Thibbs está certo: elas acontecem com todos os times e são as equipes as quais se mostram mais preparadas mentalmente que se beneficiam durante o longo caminho da temporada da NBA. Um início minimamente bom, sem a presença de Boozer em quadra, pode fazer maravilhas para a moral do time.

Outra coisa que promete melhorar muito em Chicago é a defesa do time. Tom Thibodeau é um especialista nesse aspecto do jogo e já vem implementando seu sistema no Bulls. O time está bem servido em jogadores que podem brilhar na defesa, como o pivô Joakim Noah, o ala-armador Ronnie Brewer e o ala Luol Deng. O Chicago Bulls já era um bom time na defesa na temporada passada e com Thibbs no comando isso só tem a melhorar ao longo do ano.

Ainda no aspecto de melhoras esperadas para o time da Cidade do Vento, o ataque deve ser o setor mais beneficiado de todos com o novo técnico e novas contratações. Tom Thibodeau tem um extenso livro de jogadas ofensivas e já disse que quer um basquete rápido e agressivo em Chicago. A forma como o novo técnico quer seu time jogando é atacando a cesta em primeiro lugar – infiltrando ou com jogadas dentro do garrafão –  e com muita movimentação de bola e dos jogadores, com constantes cortes em direção da cesta. A melhor parte do ataque de Thibbs é que aproveita muito bem os fortes de suas duas estrelas: Derrick Rose e Carlos Boozer. Uma vez que Booz’ volte, o sucesso desse ataque é garantido!

Falando em estrelas, não há como não falar sobre o Campeão Mundial Derrick Rose. Depois de um ótimo verão jogando como titular da Seleção dos EUA, vencedora do Mundial da Turquia, o armador do Bulls está pronto para alçar vôos mais altos. Tido por muitos como o armador com melhor atleticismo da história da NBA, em sua 3ª temporada na liga Rose está mais do que pronto para liderar um time com pretensões de título. Nesse caminho, não se assustem se a jovem estrela ganhar forças na corrida para MVP. Em recente entrevista Rose disse que não vê motivos pelos quais ele não possa vencer múltiplos MVPs e ser a estrela de um time Campeão da NBA. Os 4 minutos de vídeo acima são uma prova consistente para o caso de Rose.

No geral, o Chicago Bulls tem um dos melhores elencos da NBA – não apenas pela qualidade de seus jogadores, mas também pela forma como os seus respectivos estilos completam-se. Apesar de a equipe provavelmente encarar um início de temporada difícil, no qual possivelmente perderá alguns jogos em virtude de falta de entrosamento de todas as peças novas e mais alguns devido à lesão de Carlos Boozer, o Bulls provavelmente deve se encaixar em 2011, no caminho para 50 vitórias e o título da Divisão Central.

13 anos após a aposentadoria do Maior de Todos os Tempos, Michael Jordan, finalmente os fans de Chicago tem algo bom pelo que esperar. O time tem uma super-estrela em Rose, um especialista ofensivo em Boozer, uma máquina de defesa, raça e double-doubles em Noah e um bom elenco para complementar este trio. Falar em título ainda é cedo, mas esse é um time que pode surpreender muita gente na Temporada 2010-2011 e nos anos seguintes.

 

Jay Ernani

3 Comentários leave one →
  1. 22/10/2010 19:22

    Ótima análise Jay Ernani ! Parabéns pelas palavras, tenho um site de notícias do Chicago Bulls, gostaria de aproveitar e divulgá-lo por aqui, ok? Segue o link: http://www.olhodechicago.com !

    Valeu!
    abs.

Trackbacks

  1. Previews para a temporada 2010-2011 « NBA 1 on 1
  2. Tweets that mention Preview 2010-2011: Chicago Bulls « NBA 1 on 1 -- Topsy.com

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: