Skip to content

Preview 2010-2011: San Antonio Spurs

13/11/2010

Uma das dinastias dos anos 2000 vem com sangue novo para a temporada 2010-2011.

Titulares: Tony Parker, Manu Ginobili, Richard Jefferson, Tim Duncan, DeJuan Blair

Reservas: George Hill, James Anderson, Alonzo Gee, Antonio McDyess, Tiago Splitter, Gary Neal, Matt Bonner

Técnico: Gregg Popovich

Temporada passada: Eliminado no segundo round dos playoffs pelo Suns por 4×0

Previsão para 2010-2011: Playoffs

Depois de vencer um arquirrival (Mavericks) mas ser varrido por outro (Suns), muitos se perguntaram se o San Antonio Spurs estaria naquela temida encruzilhada: mantemos o elenco ou reconstruímos o time visando o futuro? Em uma manobra de mestre pouco divulgada, o Spurs conseguiu fazer os dois, se postando no começo da temporada como um dos principais candidatos ao título e ameaças ao domínio de três anos do Los Angeles Lakers na conferência Oeste.

Obviamente, não há como falar de Spurs sem falar do trio que tantas alegrias deu para a torcida: Tim Duncan, possivelmente o maior ala-pivô de todos os tempos, o argentino Manu Ginobili e o francês Tony Parker. O trio todo sofreu com lesões na temporada passada, mas parece estar saudável para 2010-2011, o que com certeza deixa o técnico Gregg Popovich muito mais tranquilo. Além disso, Parker assinou uma extensão de contrato por 4 anos e 50 milhões de anos, o que o coloca por mais uns anos como o general do Spurs em quadra.

A diferença em 2010-2011 estará nos companheiros de Duncan, Ginobili e Parker. Antes acompanhados por veteranos em final de carreira, o Spurs agora está munido de uma boa seleção de jovens talentos, liderados pelo explosivo armador George Hill e o raçudo ala-pivô DeJuan Blair. Nesta temporada, eles receberam a companhia de um trio de novatos que mostra saber segurar o rojão: James Anderson, Jogador do Ano da conferência Big 12 na NCAA, Gary Neal e o brasileiro Tiago Splitter. Estes dois últimos, apesar de estarem em seus primeiros anos na NBA, possuem a experiência de terem jogado vários anos no Campeonato Espanhol e na Euroliga – similar à carreira de Ginobili.

No entanto, todas estas mudanças em San Antonio podem ser um grande tiro pela culatra se o trio Duncan-Ginobili-Parker não se manter saudável. Caso eles sofram com lesões novamente e o Spurs dependa dos jovens, é possível que os “garotos” não suportem a pressão de uma temporada longa da NBA – que é bastante diferente do que Splitter, Anderson e Neal experimentaram na Europa e na universidade. Mesmo assim, o San Antonio Spurs parece estar armado para ser uma das principais ameaças e candidatos ao título da NBA.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: